Passeios em Belém e Arredores

R$118,00

Categorias , Tag:

Descrição

Neste passeio pela capital paraense, você conhecerá um pouco da sua história, suas curiosidades e seus principais pontos turísticos. Passando pela Basílica de Nazaré, uma das mais belas igrejas de Belém. Foi erguida em 1852, no mesmo lugar em que foi achada a imagem de Nossa Senhora pelo caboclo Plácido, às margens do Igarapé Murucutu, que hoje não existe mais. O seu estilo neoclássico foi inspirado na Igreja de São Paulo de Roma. Em seguida, passaremos em frente à Estação das Docas, espaço ricamente urbanizado, criado a partir da restauração do antigo porto de Belém, formado por três galpões de ferro inglês do século XIX e que oferece aos seus visitantes variadas opções de gastronomia e cultura. E continuaremos o passeio, parando conhecer o Complexo  Ver-o-Peso, que oferece os mais variados sabores e aromas do Pará. A imensa feira livre às margens da baía do Guajará, reune centenas de barracas de frutas, peixes, ervas medicinais, temperos, doces, essências, artesanato… O ambiente é perfeito para experimentar as exóticas frutas típicas e as delícias regionais, como o açaí com peixe frito entre outras. No Complexo Feliz Lusitânia que abriga o Forte do Presépio, forte que deu origem a cidade e abriga o Museu do Encontro, onde estão os vestígios arquitetônico de vários períodos da fortaleza, além de objetos de cerâmica tapajônica e marajoara; a Igreja de Santo Alexandre (caracterizada pela arte barroca, com forte acento tropical, destacando-se as peças produzidas pelos jesuítas e pelos índios) e a Catedral da Sé, igreja de onde se inicia o Círio de Nazaré e reúne os estilos barroco (fachada) e neoclássico (interior). No local, encontra-se a primeira rua de Belém, a Rua da Ladeira, que liga a Feira do Açaí à Praça Frei Caetano. E por último visitaremos o Espaço São José Liberto. O espaço abriga o Museu das Gemas do Pará (Ingresso não incluso), o Polo Joalheiro e a Casa do Artesão. O prédio principal foi construído no século XVIII pelos frades capuchos de Nossa Senhora da Piedade para ser o convento de São José. Foi utilizado como presídio após a expulsão dos jesuítas do Brasil. Na Casa do Artesão, sete tipologias de artesanato exemplificam a diversidade de matéria-prima e o talento dos inúmeros artistas paraenses.


Frequência: Diária. (Às segundas, será panorâmico).

Mínimo 02 pessoas. Idioma Português.

Horário de Saída: 9h00 e 14h00.

Duração: 4h00

Condições Gerais

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Passeios em Belém e Arredores”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *